História

1920 – O arcebispo de Évora, D. Manuel Mendes da Conceição, perante o grave problema social  do abandono em que viviam muitos jovens, adolescentes e crianças da cidade, pensou nos Salesianos.
Trocou larga correspondência com o Superior Geral dos Salesianos, Pe. Filipe Rinaldi. Os seus esforços foram coroados de êxito. 

1926 – O Pe. Luís Sutera, superior dos salesianos em Portugal toma posse da Quinta da Saudade, também chamada Telhal Grande ou Horta do Leitão, junto às Portas de Alconchel, uma quinta que o Arcebispo D. Manuel Mendes da Conceição comprou a expensas suas.

As condições da Quinta, porém, nem de longe nem de perto ofereciam as condições mínimas para receber os jovens necessitados de apoio. Eram necessárias obras urgentes. Os padres Luís Sutera e Carlos Frigo, incansáveis, puseram mãos à obra. Outros salesianos lhes sucederam: padres José Bernardino Rodrigues, Francisco Leite Pereira, José da Silva Lucas, Pedro Vicente Morais…

Não faltaram hostilidades e incompreensões, mas o trabalho, a persistência e a dedicação dos primeiros salesianos tudo ultrapassaram.

Oratório de S. José, de Évora 

1927 - Évora salesiana começou como 'Oratório'; durante muitos anos a obra dos salesianos foi chamada “Oratório de S. José, de Évora”. Em Janeiro de 1927, porém, surgiu como complemento do Oratório, a Escola Primária, com três alunos.

O grupo coral e uma banda musical superiormente dirigidos pelo Pe. Pedro Morais revelaram-se muito importantes como fatores de formação juvenil e de transformação social. 

Até à década de 50, a obra “Oratório de S. José”, nascida na maior pobreza e sujeita a enormes provações, estruturalmente não recebeu transformações significativas.

1949 – Graças a alguns benfeitores, com destaque para o conde de Vil’Alva, foi possível substituir as humildes instalações originais por um novo edifício inaugurado em 1949, o que permitiu o alargamento do ensino a todo o 1.º ciclo liceal.

1965 – É construída e inaugurada a igreja de Nossa Senhora Auxiliadora que, em 1966 passa a ser igreja paroquial.

1992 – Dá-se início à construção de um moderno complexo escolar com a participação do Programa de Desenvolvimento Escolar para Portugal (PRODEP), construção inaugurada em 1994, o que permitiu e extensão do ensino ao 3.º ciclo do ensino básico.

2006 – É iniciada na Escola a Educação Pré-Escolar.

2012 – A Escola inaugura a Creche para idades compreendidas entre os 3 meses e os três anos.

2015
 – Início do ensino Secundário.


(Fonte: “Centenário da Obra Salesiana em Portugal”  do Pe. Amador Anjos)

fundo_salesianos_evora